SALADA DE FRUTAS

Vá para casa e pegue um grande recipiente de vidro. Abra a geladeira e separe : um mamão, uma laranja, um kiwi, uma banana – certo, você não guarda bananas na geladeira- uma laranja, uma carambola, morangos, um abacaxi, uma melância. Não tem tudo isso na tua geladeira ? Esqueça, ponha de volta todas as frutas que foram separadas onde estavam, saia de casa e vá à feira. Pode esquecer a carteira, mas pegue a máquina fotográfica, você vai precisar.
Converse com os feirantes. Eles gostam de conversa, vai ser fácil. Peça ao primeiro cortar um mamão no sentido da junção do caule até a outra extremidade, no bumbum do mamão. Depois peça para cortar um outro mamão, se ele já não estiver cortado, em fatias circulares : perpendicular ao corte do primeiro mamão. Pare e observe até que esses dois mamaõs deixem de ser frutos. Espero que você não vá à feira perto da hora que os varredores chegam, que o caminhão jateie água por todos os lados. Vá com tempo. Tire uma foto dos mamãos, ou melhor daqueles girinos encurralados numa gruta gritando mamãe, daquelas pequenas anêmonas todas grudadas na pedra, quase pretas, esperando o água do mar voltar para se abrirem.

Depois passe para a barraca seguinte, não abuse sempre da mesma, o feirante não vai ficar contente de saber que você vai lhe pedir para cortar todas as frutas assim ou assado.

Com a laranja, peça a mesma coisa. Com o kiwi, a banana, a melância… Enfim, se tiver saputi melhor ainda! Repita o exercício. Kiwi e a íris de um belo olho verde-esmeralda ou uma lesma lesmeando seu ventre através de um vidro. Não cabe à mim dizer o que teus olhos vêem. Leve tudo para casa, as fotos.

Uns dias depois, aproveite a poda de árvores que a prefeitura organisa na cidade e vá observar os galhos cortados. Vá a uma pedreira e fotografe pedras cortadas, montanhas cortadas. Se entusiasme com o mundo que vê.

Se um dia você teve chance ou a terá, de ver a controvertida exposição “Our Body” (Nosso Corpo), pense nas frutas cortadas. Caso não consiga enxergar nada além do corpo humano, pense que frutos são provenientes da fecundação, no ovário das flores. Quase como nós. Se ainda assim a teus olhos tudo parecer demasiado humano, volte para casa, abra a geladeira, corte todas as frutas que encontrar em pedacinhos homogêneos e coma-as como salada de frutas.

Comentários

Postagens mais visitadas